Sem correção da Tabela do Imposto de Renda e a carestia, trabalhadores perdem poder de compra

O índice do Preço ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou 2020 com aumento de 4,52%. O número leva a uma defasagem acumulada de 113,09% da tabela do Imposto de Renda em relação à inflação nos últimos 24 anos.

O cálculo foi feito pelo Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco) e considera o período entre 1966 e 2020. Segundo o estudo, nesse período, o IPCA somou 346,69%, o que supera os reajustes nas faixas de cobrança do IR, que ficaram em 109,63%, resultando na defasagem de 113,09%.

O Sindifisco explica que o ano inicial do estudo é 1996 porque foi a partir desta data que a tabela começou a ter os valores computados em reais. Nos últimos 24 anos, somente em cinco a correção superou a inflação: 2002, 2005, 2006, 2007 e 2009. A última atualização aconteceu em 2015.

 

Mais > https://www.contabeis.com.br/noticias/45668/imposto-de-renda-calculo-mostra-que-defasagem-da-tabela-chega-a-113/


Mercado de Trabalho no RN - Rio Grande do Norte Educação no RN - Rio Grande do Norte Emprego no RN - Rio Grande do Norte Geração de Renda no RN - Rio Grande do Norte

Gazeta do Povo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Governo do RN vai suspender a cobrança da água e distribuir cestas básicas

Aumento da margem de empréstimo consignado para servidores do estado

Governadora do RN anuncia novos concursos: são 487 vagas