Sem correção da Tabela do Imposto de Renda e a carestia, trabalhadores perdem poder de compra

O índice do Preço ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou 2020 com aumento de 4,52%. O número leva a uma defasagem acumulada de 113,09% da tabela do Imposto de Renda em relação à inflação nos últimos 24 anos.

O cálculo foi feito pelo Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco) e considera o período entre 1966 e 2020. Segundo o estudo, nesse período, o IPCA somou 346,69%, o que supera os reajustes nas faixas de cobrança do IR, que ficaram em 109,63%, resultando na defasagem de 113,09%.

O Sindifisco explica que o ano inicial do estudo é 1996 porque foi a partir desta data que a tabela começou a ter os valores computados em reais. Nos últimos 24 anos, somente em cinco a correção superou a inflação: 2002, 2005, 2006, 2007 e 2009. A última atualização aconteceu em 2015.

 

Mais > https://www.contabeis.com.br/noticias/45668/imposto-de-renda-calculo-mostra-que-defasagem-da-tabela-chega-a-113/


Mercado de Trabalho no RN - Rio Grande do Norte Educação no RN - Rio Grande do Norte Emprego no RN - Rio Grande do Norte Geração de Renda no RN - Rio Grande do Norte

Gazeta do Povo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AS NOSSAS ESCOLAS ESTÃO MINIMAMENTE ORGANIZADAS PARA RECEBEREM OS ESTUDANTES, EM PLENA PANDEMIA?

Conferência Nacional Popular de Educação será em Natal